sexta-feira, 27 de novembro de 2009

Altstadttor Schanielburg

Olá a todos.
Aí vai mais um modelo da Faller, o 232284. Quando o tirei da caixa, pensei... Meu Deus, que plástico mais feio.
Estou fã incondicional da Vallejo. Para quem não pinta a aerógrafo, e só a pincel, são excelentes!! O aérografo está armado, sempre, mas de vez em quando, gosto do pincel, e para este caso foi o melhor.
Estes edifícios são as "portas da cidade antiga". Era mesmo isto que eu queria!
Ai vão as ditas:

Detalhe da estátua. Este soldado terá uma importância na cidade de Schanielburg...








Mais um trabalho que irá embelezar o módulo 2.. Espero eu!

Abraço a todos.

domingo, 22 de novembro de 2009

DVD Review


Olá a todos.

Hoje decidi mostrar um dos DVDs que faz parte da minha colecção de "bibliografia" sobre modelismo ferroviário.
Este DVD é do Paul Scoles, um senhor do modelismo ferroviario norte-americano.
Descobri a sua maqueta através da Great Model Railroads 2010, que já está disponível nas bancas, e fiquei "maluco". Daí até a mandar vir o primeiro DVD foi um pequeno passo.
Sobre o DVD, o que há a dizer... Meu Deus! Este modelista mostra como constrói uma parte da sua maqueta, e o próprio diz que não é nenhum "expert". Ele faz parecer o difícil fácil, com as técnicas a que nós estamos habituados a ver serem aplicadas de uma forma bastante expedita. O resultado final é o que se espera. Sem dúvida, foram alguns €uros muito bem gastos.
O único senão é estar em NTCS, o que para algumas TV's ou DVD-Players poderá ser a complicado.
O DVD pode ser encomendado através do site do Paul Scoles.
Força a todos.

E vão 10000...

Olá a todos.

Mais uma mensagem de agradecimento a todos os que visitam o meu site. Já vamos nas 10 mil visitas, desde que o abri.

Obrigado a todos.

Abraço.

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Under the hood!

Olá a todos.
Primeiro a fotografia da praxe:

Elah!!! Tantos cabos e fios por todo o lado... então mas o circuito não é digital??? Sim é, mas... passemos às explicações.

Se bem se lembram, uma das minhas ideias no início era ter os desvios manuais, de forma a que cada pessoa que tivesse a operar a maqueta podesse controlá-los. Mas entretanto, também pensei: "Se vou levar isto a exposições, tenho que a ter funcional à distância!!!" Foi então que decidi digitalizar as agulhas também. Com este problema resolvido, surgiu-me outro: os gulosos solenóides da PECO.

Estes motores são bons, resistentes, mas muito consumidores. Por cada vez que se ligam, no meu caso, têm que vencer a mola que os desvios têm e também têm que movimentar o PL13. Com isto consomem 2.5A, pelo que um descodificador normal não tem capacidade para os mexer. O 5212 da Viessmann que usei só debita 2.0A, mesmo utilizando a sua alimentação externa.

Como resolver? Aproveitar a saida do descodificar para "atacar um relé". Um relé não é mais que um interruptor activado electricamente. Então a sequência é:
1º Ordem dada no comando;
2º Decoder recebe ordem e activa relé;
3º Relé actua sobre o motor, deixando passar alimentação vinda uma fonte mais forte e sem filtros.;

O que tinha mais à mão era um transformador de 18V e 18VA (1A). É curto, mas os 18V compensam a falta de Ampéres. Ah, e o mais engraçado... é DC, ou seja corrente contínua. Acabou-se o barulho irritante de campaínha que o motores PECO fazem quando alimentados por corrente alternada (AC)!


Uma close up do que estou a falar:



Fios castanhos e amarelos: Alimentação digital
Fios Azuis e pretos: Alimentação 18V DC

Fios castanhos, pretos e beijes: Ligação ao decoder
Caixinhas brancas: Relés

Para terminar, à pouco falei no PL13... este interruptor o que está a fazer é a mudar a polaridade do frog (coraçaõ) da agulha. Porquê? O frog normalmente só é alimentado pelos carris que encostam aos carris exteriores. Por si só, um método muito falível: um grão de balastro, pó, gordura da lubrificação das máquinas é o suficiente para quebrar o contacto eléctrico: o PL13 assegura que haverá energia sempre no coração das agulhas. Como estas que utilizo são Electrofrog, há que aproveitar este facto.

Espero que tenha sido útil.

Abraço.

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Mannis-n-bahn

Olá a todos novamente.

Hoje, depois de um e-mail recebido do Manfred Rüger, descobri que este está a fazer videos da sua excelente e espectacular maqueta em Escala N.

Segundo o próprio, este é o primeiro, daí que tem muitas falhas, mas estou confiante que o Manfred irá corrigir todos estes probelmas.

Aqui fica então um video de uma das minhas fontes de inspiração.


E que tal? Para mim, excelente!

Cheers, Manfred!

Mais uma foto...

Para animar a malta.


A RENFE 319 da Startrain de saída de Schanielburg. Foi mesmo só para o boneco, pois uma locomotiva espanhola perto de uma cidade alemã iria ser uma situação estranha.



As árvores serão para substituir, ou trabalhar sobre estas, como já vem sendo hábito... 


Espero que seja do vosso agrado.


Um abraço a todos.

sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Uma das...

Minhas paixões no modelismo ferroviário são os modelos de via estreita. Sejam eles HOm, HOn3, HOe, On30, On21/2, Sn3, Nm, acho os modelos de via estreita belíssimos e diferentes de tudo o resto.

Dito isto, convido-vos a visitarem o site de Paul Scoles, onde ele apresenta os seus DVDs e mostra algumas fots da sua maqueta em Sn3 (A escala S é 1:64). São de uma beleza assustadora! Estas fotos levam-me sempre a querer evoluir as minhas técnicas...

Abraço a todos.