quinta-feira, 26 de março de 2009

A construção por módulos

Olá a todos.


Uma das ideias que tenho para construção da maqueta é a sua realização por módulos.


Passo a explicar porquê:
- É mais fácil de trabalhar, pois posso retirá-lo do sitio e trabalha nele em cima da bancada;
- Quando começar um módulo, acábo-o e "nunca tenho a maqueta toda por acabar, apenas tenho um módulo por acabar";
- Pode ser necessária a mudança da maqueta para outra divisão da casa, e se for uma maqueta grande, como estamos habituados a ver, poder ter que ser destruída;
- Se a mudar, posso montá-la com outra configuraçao, o que poderá implicar um acrescento;
- A minha mente está sempre a mudar, e como tal os meus gostos. Quando começo uma maqueta nunca acabo com o projecto incial...
- Estou saturado de ver ovais sem qualquer razão de ser. Os comboios servem para transportes de passageiros e mercadorias de uma localidade para outra. Porque não simular isso mesmo na nossa maqueta?


Estou aberto às vossas sugestões.


Um abraço a todos.

3 comentários:

Iberista disse...

E as maquetes modulares ainda têm outra vantagem: podemos ter uma área "comum" aos vários dias, mas ir alterando certas partes do layout conforme o "apetite" do dia.
- Hoje apetece-me brincar às mercadorias.
Saca-se dos módulos das fábricas e armazéns e aí temos uma maquete para mercadorias.
- Agora estava mais para uma de depósito de material
.......

luis_lopes disse...

Ora nem mais!

Alguémque partilha o mesmo pensamento e ideias que eu!! FINALMENTE!!

Rui disse...

Saudaçoes,

Concordo em pleno convosco, o que esta a dificultar um pouco, é o estado avançado da maquete. No meu caso, ate consigo aumentar a distancia, dos actuais 4,5 mts para bem mais do dobro, tudo em linha recta e apenas uma curva, ficando a esposa com mais espaço, visto a largura ser mais estreita (actual com 1,5mts). Em breve vou ter que decidir.