domingo, 12 de dezembro de 2010

Circuito eléctrico (parte 1)

Olá a todos.

Hoje venho mostrar três fotografias rápidas sobre o circuito eléctrico deste pequeno layout. Ainda tenho que pensar em um nome para o mesmo.

113

Esta é uma foto geral do “capot” aberto, Um transformador de corrente alterna Märklin que sobrou, no canto superior do layout. Do transformador vêm quatro fios – dois azuis e dois pretos. Os que estão mais à esquerda vão alimentar o reóstato. Os que estão mais à direita vão alimentar os motores dos desvios. Se repararem, a meio destes últimos cabos, tenho dois componentes electrónicos. Começo com uma ponte rectificadora, que transforma a corrente alterna em corrente contínua, que por usa vez irá alimentar um condensador electrolítico de 4700 microfarads. Este rapazola irá dar uma descarga directa sobre os motores das agulhas, cada vez que é solicitado. Desta forma, as agulhas nunca irão ficar por mudar, e também deixo de ouvir o barulho irritante de campainha de porta que os motores PECO fazem quando accionados por AC, passando apenas a ouvir um pequeno estalo, resultantes da mudança mecânica das agulhas.

114

Como disse atrás, dois dos fios estão a alimentar o reóstato. E aqui está a “traseira”. Utilizei um Gaugemaster modelo UF, de painel. Este comando está equipado com uma função de “feedback" – o comando vai analisado o comportamento eléctrico do motor, fazendo ligeiros ajustes automáticos à tensão que lhe é aplicada, de forma a que o motor mantenha as mesma velocidade. Um pouco como o controlo de carga utilizado pelos decoders digitais.

115E aqui está a frente do layout. Do lado direito o Gaugemaster montado no seu sitio. Do lado esquerdo os interruptores que controlam os cantões eléctricos.

E agora, vou descansar… amanhã é dia de trabalho! A parte dois virá assim que o tiver os botões para os desvios.

Abraços a todos.

1 comentário:

Luis disse...

Excelente resultado Luís !! Deve ter dado cá um trabalho...

Abraço

Luís